Procurando o que fazer na internet? Acesse o Minilua!
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

Solo lunar contém subestrutura de água


O solo lunar não é seco! 
Pesquisadores norte-americanos descobriram que o solo que cobre a Lua contém subestruturas de água. A estrutura encontrada foi a hidroxila (OH), que consiste em um átomo de hidrogênio e um de oxigênio (diferente dos dois átomos de hidrogênio presentes na molécula de água). A descoberta foi anunciada por cientistas da Universidade do Tennessee, Universidade do Michigan e do Instituto de Tecnologia da Califórnia.
A teoria é que ela tenha sido criada a partir da corrente constante de partículas vindas do Sol na direção do satélite. Já há cinco anos os cientistas sabiam que a visão de que o solo lunar era seco era errônea, visto que inclusive amostras coletadas pela missão Apollo apresentaram gotas de água congeladas após análise.
Em 2009, a NASA realizou uma colisão de um satélite de observação contra uma cratera no lado oculto da lua, o que resultou na dispersão desse material no espaço. As observações do conteúdo revelaram que ele era rico em pedras de gelo, mas, na ocasião, os pesquisadores não tinham certeza da origem dessa fonte de água.
Grão lunar 
No estudo atual, os cientistas concluíram que partículas de hidrogênio (positivamente carregadas) vindas de ventos solares (que consistem em uma corrente de partículas soltas da atmosfera solar) combinadas com oxigênio na superfície lunar formaram a hidroxila encontrada. De acordo com os cientistas, o solo da Lua contém uma “reserva abundante e não prevista” de hidroxila, água com poeira e rochas quebradas, entre outros materiais.
Porém, ainda de acordo com o professor Youxue Zhang, “o trabalho revela que o componente ‘água’ encontrado trata-se somente de hidroxila, e não de água na forma líquida ou de pedras de gelo, que poderia ser utilizado em uma futura base lunar”. O estudo também indica que pode haver água em Mercúrio e em outros asteroides do Sistema Solar, como o Vesta ou o Eros.
Embora o planeta Terra também seja afetado pelos ventos solares, o campo magnético que o envolve simplesmente os reflete. Isso não acontece na Lua, por exemplo, pois ela não possui tal proteção.
Fonte: UPI e Tecmundo


Deixe seu Comentário:
1 comentário
Categorias:

1 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Postar um comentário